“Que mundo é este em que é preciso ser louco para fazer o que é certo?

Aristides de Sousa Mendes

O projeto Portas Abertas nasce em março de 2020, fruto do desejo de um grupo de voluntários que pretendiam minorar as necessidades dos profissionais de saúde. Movidos por essa ambição, foram estabelecidas diversas parcerias que resultaram na entrega de bens alimentares; equipamentos de proteção individual; e produtos de higiene a unidades saúde de todo o território nacional.

Através de uma visão a longo prazo, a equipa previu que a crise de saúde pública se alastraria rapidamente à economia nacional, gerando uma crise económico-social, sendo necessário o alargamento do apoio à comunidade escolar e sociedade civil.

Assim, o trabalho desenvolvido pela Plataforma segue uma estratégia de combate às desigualdades sociais, às assimetrias geográficas e o desenvolvimento humano do nosso País.